Praia da Canoa Quebrada – Ceará

Quando um navegador português chamado Francisco Ayres da Cunha veio para o Brasil com intenção de fundar povoados no litoral brasileiro, seu barco chocou-se com uma pedra num local, hoje, chamado de Ponta Grossa. Procurando por um local onde pudesse consertar seu barco, o navegador luso acabou aportando no Ponta dos Estevão (hoje chamada de Canoa Quebrada). Porém sabendo que não havia muito o que fazer pois o barco estava em péssimas condições, o português acabou doando-o a um pescador que morava nas proximidades. Quando os pescadores foram consertá-lo, eles diziam: "Vamos quebrar a canoa", pelo fato de que eles só conheciam balsas e canoas. Foi daí que surgiu o nome Canoa Quebrada.

canoa quebrada

Nos anos 60, um grupo de cineastas franceses e cariocas (dentre eles, o então diretor de cinema, Ronaldo Nunes) escolheram Canoa para filmar "Le Gabruges", filme que ficou conhecido no Brasil por "Operação Tumulto". Durante essas filmagens, houve uma integração muito forte dos estrangeiros com os nativos da região, consequentemente houve um choque de culturas totalmente diferentes entre si. O resultado disso foram as farras homéricas regadas ao sentimento misto de liberdade total e profunda satisfação existencial. Este foi e ainda é o espírito de Canoa Quebrada. Quem a conheceu com certeza sabe o que significa esta sensação tão prazerosa que a cidade transmite. E quando a fama deste espírito correu o mundo, a cidade se viu literalmente invadida por centenas de pessoas que buscavam tanto sua liberdade quanto as respostas para suas dúvidas existenciais. Muitas destas pessoas deixaram definitivamente seus lares e países para morarem de vez em Canoa.canoa-quebrada-vista

eSobre praia de Jericoacoara

Os nativos contam uma lenda que dentre a equipe técnica do filme Le Gabruges, havia um marroquino mulçumano, que também participava com prazer das festas de Canoa, quis pedir perdão a Alá por se achar arrependido de estar vivendo na esbórnia do lugar e contratou um artesão para esculpir no alto de uma falésia o símbolo maior de sua crença: a meia lua e a estrela. Este símbolo acabou se tornando o grande ícone de Canoa Quebrada. Quem conhece Canoa, sabe o valor místico e exótico que emana deste ícone.

Conhecida como "Meca dos mochileiros", Canoa conseguiu traduzir todo um sentimento de poder ser livre e fazer o que se quer, sem compromisso nem hora marcada. Aliás, o único compromisso de Canoa é ter que começar as suas badalações às 22:00h, a partir daí a animação só acaba quando o dia está claro. Nas férias, as farras são de Segunda a Segunda.

Mais informações – Portal Canoa Quebrada

Copyright eSobre - Politica de Privacidade

;